quarta-feira, 27 de março de 2013

Mariani - Aníbal & Maria S.A.


Como em qualquer país republicano, Portugal elege o seu Presidente da República de tempos a tempos, no caso serão 5 anos. Felizmente apenas pode ser reeleito para dois mandatos consecutivos.
Apenas não compreendo é porque é que tendo sido eleito pela maioria dos portugueses, entre os quais eu não me encontro, o cidadão Aníbal Cavaco Silva, tenho que andar a suportar, sim, andado a suportar as passeatas da cidadã Maria Cavaco Silva.
Não há sítio onde a múmia andante se desloque sem que a outra alma se encontre pendurada, com o nariz metido em tudo. Será que a eleição era para escolher o casal, e eu não dei por nada?
Desde o 25 de Abril, entre eleitos e não eleitos, tivemos 6 Presidentes da República, e tirando as ocasiões em que o protocolo o exige, nunca notei uma presença excessiva da esposas dos primeiros 5.
Nem mesmo a vetusta Gertrudes, esposa de Américo Thomaz, aparecia tanto como a actual primeira dama.
Maria Cavaco Silva está em todas.
E temos que pagar todos os custos do facto, e mais ainda, o pessoal do seu gabinete (que não sei para que serve), a viatura em que se desloca quando o PR está ocupado com outros afazeres, a segurança, etc.
É por estas e por outras que a nossa Presidência da República tem duas vezes o orçamento da Casa Real Espanhola.
Apenas duas pequenas diferenças: estes estão em  Portugal e os outros estão em Espanha e nós somos  (???) uma República e eles são uma Monarquia.
Como diria o "velho" Peça: e esta hein?

Sem comentários:

Publicar um comentário