segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

NÃO GOSTO

Todos os anos, desde há muitos anos, o Município, por forma a animar a quadra natalícia, e incentivar o consumo no comércio local, contrata os serviços de uma empresa para iluminar a vila de Castro Verde, pelo menos.
Acho que as demais povoações são de responsabilidade das respectivas freguesias.
Para além da situação algo insólita do misterioso desaparecimento da Sagrada família e coadjuvantes camelos, retirados de circulação, que gerou a inutilidade de iluminação do local onde seria suposto ser colocado o Presépio, verifica-se, igualmente, a situação algo caricato de as iluminações colocadas na Rua da Seara Nova estarem colocadas no seu local, mas sem estarem ligadas.
Avaria? Defeito? Ou apenas mais uma das famosas "opções políticas" com que o novo executivo tenta sempre justificar o injustificável?
Antigamente, os munícipes sabiam a quem ligar, independentemente da hora.
Hoje, provavelmente teremos que aguardar pela hora de atendimento para podermos comunicar o que não está bem.
Mudam-se os tempos....
Se tivesse acontecido o ano passado, imagino o coro e crises de histeria que andaria por aí.

Sem comentários:

Publicar um comentário