segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Desespero



Lembram-se de uma anedota que rezava assim?

Andava Jesus nas suas andanças, quando chegou à terra de Lázaro, perguntou à sua chorosa família a razão do pranto, tendo dito para dentro do jazigo: Lázaro, levanta-te e anda!

E Lázaro apareceu!

Encontrou, mais à frente um cego, tendo-lhe dito: Cego, olha e vê!

E o cego viu!

Mais adiante, continuando a sua viagem miraculosa, encontrou um homem que chorava copiosa e lancinantemente, tendo-lhe perguntado o porque de tal pranto, ao que o homem lhe disse:

- Jesus, eu sou português ...

Jesus sentou-se e chorou também!

Nunca antes tantos portugueses tiveram tantas razões para escolherem uma pedra, e chorar.

Digo eu... sei lá....

Sem comentários:

Publicar um comentário