sexta-feira, 25 de julho de 2008

Mercado Municipal de Castro Verde

O Mercado Municipal, no local onde se encontra, foi uma conquista dos castrenses, que ganharam um edifício novo e mais "dentro de portas".

Com os anos, e a abertura das superfícies comerciais, os compradores foram-se afastando, as lojas foram encerrando, e agora temos uma infra-estrutura quase às moscas.

Será que não se consegue levar o consumidor ao mercado municipal?

Será que não se conseguem criar as condições para haver, com regularidade, mercados de "produtos da terra", directamente do produtor ao consumidor, e a preço justo?



Será que não é possível criar naquele local um pólo comercial dedicado a produtos artesanais, indicado pelo gabinete de Turismo aos viajantes que por cá passam?

Será que merece a pena pensar em manter a actividade comercial naquele espaço?

Se a resposta for negativa, então que destino poderemos dar àquele espaço?
Dar-lhe uma utilização Administrativa, dado que se encontra perto das oficinas municipais?
Dar-lhe uma utilização cultural? Um auditório intermédio entre o cine-teatro e o fórum municipal?

Penso que é altura de reflectir que destino dar àquele espaço, porque é muito triste ver o espectáculo a que o Mercado chegou, e será lamentável ficarmos com aquela estrutura abandonada.

Estamos no Verão, tempo de férias, porque não dedicarmos 2 minutos do nosso tempo a pensar neste, e noutros, assuntos da nossa terra, e contribuirmos com ideias para bem da comunidade.

Sem comentários:

Publicar um comentário